A MELHOR EXPERIÊNCIA ARGENTINA: THE ARGENTINE EXPERIENCE

Eu moro neste país há quase sete anos e tenho experimentado de tudo em relação a comida e lugares interessantes. Tanto que meu prazer se transformou em trabalho com turismo, graças ao blog. E de todas as coisas que já vi e provei, sem sombra de dúvida digo que “The Argentine Experience” é algo único, delicioso, divertido e imperdível!!

Quando entrevistei os donos tive o cuidado de perguntar tudo o que eu queria saber e que agora passo para vocês. Once upon a time, há pouco mais de três anos, quando Leon, inglês e Carla, alemã, vieram para Buenos Aires estudar espanhol, curtiram tanto a cidade e o país que decidiram ficar. Como gostavam de comer e principalmente de cozinhar a comida argentina, decidiram aprender mais, organizar-se e transformar esse prazer num negócio. No início Leon e Carla faziam tudo, desde os pratos até a degustação de vinhos e drinks, no jardim do apartamento do Leon, na Recoleta.

A aceitação foi imediata, gente de todos os lugares começou a visitar o AE e o resultado foi que a propaganda boca a boca fez o negócio crescer. O próximo passo foi encontrar um lugar onde hoje funciona o Argentine Experience, em Palermo, restaurante “in doors” (a portas fechadas), que ensina a fazer os pratos típicos argentinos com os segredos da culinária e cultura local. Vocês podem me perguntar como um inglês e uma alemã conseguem se comunicar com brasileiros… E eu respondo: o staff é multicultural e poliglota! Há brasileiros, argentinos, peruanos, ingleses, americanos, alemães. Você aprende a fazer os pratos, degusta, toma muito vinho e se diverte com as histórias sobre a cultura e maneirismos locais, incluindo os palavrões.

   
Stefi, da Argentina                    Richard, da Inglaterra
 
                      Vini e Fernanda, do Brasil                           
Além deles, também estão no staff Alex, Fernando, Juli e Nico, da Argentina. E os chefs Pepe (Peru), Bo (Tailândia), Ana (Argentina).
A decoração é super descolada, muita madeira, pedras, artefatos típicos e um toque de arte aqui e ali.
 

    
O primeiro passo é receber cada convidado com um drink delicioso. O da vez foi um mix de Malbec + suco de maçã + suco de limão. Suave e docinho. Excelente para começar. Daí somos conduzidos ao andar de cima, onde estão as mesas estavam prontas, cada lugar com um avental e um chapéu de chef. E começa a brincadeira!
Gente de todas as partes do mundo e isso é o barato da AE, você ri, brinca, come, bebe, conhece pessoas.

 O casal do fundo é brasileiro, o da frente americano.
   
1. PRIMEIRO PASSO
Aprender a fazer empanadas. Explicação dos diversos tipos de recheios e formatos, o que é o “repulgue” (não vou contar, vocês tem que ir e aprender), como fechar a empanada, como pedir a empanada aqui na Argentina.
 

Depois, cada um faz a sua empanada e coloca a bandeirinha com seu nome no topo, bem tipo “conquistei esta aqui”! Todas vão juntas para o forno e voltam prontinhas para serem devoradas pelos seus donos/chefs.

  
Tudo isso regado a um bom Malbec, claro!

2. COMPETIÇÃO “A MELHOR EMPANADA”
Divertido que nem sei! Todo mundo tentando inventar a empanada com o formato mais original! Saiu de tudo…

   
  
  
  
  
  
 
Minha “empanada-elefante” pronta! hahaha
E vinho… hehehe

3. CHORIZO, PROVOLETA E CHIMICHURRI
Gentem, morri. Além de provar de tudo, escutar a história de cada coisa, o porquê dos nomes… Divine!

E mais vinho!

4. MOMENTO ESPERADO: A CARNE! 
Este é o momento que todos querem, mas para os que não gostam de carne, não se preocupem, há substitutivos. A carne… Bem, a carne foi um capítulo aparte. JURO que este foi o MELHOR Bife de Lomo que comi neste país, JURO MESMO! Que coisa mais boa, perfeito, em todos os sentidos. O legal é que também explicam como pedir do inglês ao espanhol e ao português, com direito a plaquinhas e tudo. 
 
Acompanhamentos: legumes assados super temperados, purê e chimichurri.  Como deve ser aqui nos pagos.

Eu não sou muito de carne, como tipo duas vezes por mês, quando sinto que falta aquela proteína. E quando como, é assim, sangrando! E veio como eu gosto. Assim também para todos os demais, cada um pediu a seu gosto e recebeu exatamente o que pediu.

E adivinha o que mais???? Exato, mais vinho…
Repito a coisa do vinho porque é um detalhe importante. 
Sua taça não fica vazia nem um minuto, quando você olha, lá está ela, firme e forte, outra vez completa… 
Estes foram os vinhos da noite.
5. EL MATE: COMO PREPAR E TOMAR UM MATE ARGENTINO
Todos os segredos, desde o início até o final. Como sou do Sul do Brasil, eu amo mate, ou seja, o chimarrão. E mesmo quem não está acostumado, como o casal de brasileiros que estava nessa noite,  do Rio, curte. Porque mate é para se dividir um entre amigos!
  
 
  
Minhas novas amigas da Nova Zelândia adoraram!
6. O “GRAN FINALE”: ALFAJORES
Este é um dos pecados da gula na Argentina: os alfajores. Uma coisa calórica, engordativa, bem tipo Bis, impossível comer um só! Duas bolachinas de maizena unidas por uma farta camada de “dulce de leche”, passadas no coco ralado e banhadas em chocolate. Pracabá!!!

Estes dois casais vieram de Menphis, USA, super queridos e simpáticos.
A ganhadora do concurso “Melhor Empanada” com seu polvo!
 
Se eu quisesse colocar tudo o que é o Argentine Experience, daria para uns quatro posts, sem dúvida. Que este sirva para dar um gostinho de quero mais. Aconselho, indico mil vezes, façam desta uma das atividades turísticas de sua viagem a Buenos Aires ou de seu lazer se estiver morando aqui. É IMPERDÍVEL!
Quando fizer sua reserva, avise que veio indicado pelo nosso blog e ganhará um presente delicioso! 
The Argentine Experience
Fitz Roy 2110, Palermo Hollywood
0054 (911) 4434-6643

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *