VIDA NA ARGENTINA PARTE 2: “SER PORTEÑO É…”

Brigar feito doido porque ou você torce para o  River Plate ou você torce para o Boca Juniors.
O argentino AMA futebol. O porteño, nem se fala. Em Buenos Aires estão os maiores e mais famosos estádios de futebol: La Bombonera (Boca Juniors) e o Monumental de Nuñez (River Plate). Os dois, imensos, lindos, imponentes, cada um a sua maneira, representando os dois clubes cuja rivalidade é eterna.
Quanto há jogo de River x Boca, esquece. O mundo para, nada funciona. Os “barrabravas” (torcida organizada) se matam brigando, cada grupo pelo seu time. Uma loucura!!
Históricamente o River Plate é uma dissidência antiga do Boca Juniors, que se separou para forma um time aparte. Dizer isso para um torcedor do River é morte certa, o orgulho não permite!! Os torcedores do Boca são conhecidos como “bosteros” e os torcedores do River são os “gallinas”. Tem uma excelente explicação sobre o assunto aqui, vale à pena dar uma lidinha para entender um pouco mais.
Que Maradona é o maior jogador do mundo, porteño nenhum discute. Que Messi é o segundo, tampouco! 
Há outros times, logicamente, mas estes dois são a mais pura representação do “jeito porteño de ser” quando falamos de futebol. Aconselho se alguém vier para cá e coincidentemente houver um “partido” desses, não deixe de ir. É realmente muito emocionante, mesmo que você não entenda nada de futebol. A energia do momento é única, muito forte!
Em tempo: euzinha sou Boca, desde sempre!!! hehehehe
Sí, sí, señores, yo soy de Boca. Sí, sí, señores de corazón. 
Porque este año desde la Boca, desde la Boca, saldrá el nuevo campeón!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *