VIDA NA ARGENTINA – PARTE 3: SER PORTEÑO É…

POST (RE) EDITADO, COMEMORATIVO AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!
Ser porteño é… Usar cabelo mais comprido ou rapado. Ter a barba meio por fazer.
Vestir-se bem. Ser cheiroso. Ser cavalheiro. Ser sexy. Ter jeitão de italiano.
Não é a toa que o homem eleito o mais belo do mundo é argentino, jogador de polo, Nacho Figueras.
Então, o que é que o porteño tem? Até não muito tempo atrás eu não saberia bem a resposta.
Mas a vida ensina, né mess… E aí vai minha muito humilde opinião sobre o assunto.

1. Homem argentino não chega logo. O porteño te olha tanto que parece que vai te tirar um pedaço. Analisa, não corre. Espera. Espreita. Mas quando decide, chega e como chega… Engata a primeira e vem sem freio, se você não estiver afim, se segura, porque os caras sabem ser insistentes! Quase que te ganham pelo cansaço, juro!

2. A brasileira sabe o que quer, é bem resolvida, decidida. A mulher argentina, guardadas as devidas exceções, é quase sempre histérica. Até na voz, incrível… “Ojo” que as MINHAS amigas argentinas não o são, portanto, sim, há exceções. Então, o argentino não sabe o que é uma mulher que sabe o que quer e pior, se assusta com as que são assim. Sem contar que ser brasileira já te coloca na situação de sabemos o que, historicamente falando. Tudo porque não fazemos muito rodeio, não.

3. O argentino demora. Suponhamos que ele decidiu finalmente chegar em você. Ah, querida… Serão HORAS de galanteio, de mimimi, de conversa, até que se decida a fazer alguma coisa. Paciência, viu, não desista, porque ele é CAVALHEIRO, mesmo, gentleman. Coisa que no Brasil é difícil encontrar. Mas espere.  Amiga, espere. Valerá a pena, pode acreditar, sempre e quando você também esteja a fim dele. E diante de qualquer dúvida, releia o item 1!

4. O homem argentino se veste bem. Ah, e muito bem. Nos detalhes, combina o sapato com o jeans, coloca uma camisa descolada, joga um blazer. Perfume delicioso. Barba deliberadamente mal feita. Camiseta de marca, bermuda jeans furada, tênis que combina. Tudo displicentemente cuidado.

5. Porteño não é muito alto mas tem corpão. Isso porque a maioria ou jogou rugby ou futebol ou pólo, o que deixa o corpo super mega malhado. Dá uma olhadinha na seleção dos Pumas, dá… E o quarentão porteño, então… Guenta!

6. Homem argentino é grupal. Ama os amigos, o futebol, o trabalho. E não trocam NADA NEM NINGUÉM por isso. Portanto, acostume-se a sair com suas amigas também. É assim. Take it or leave it! Ele não vai deixar de jantar com os amigos para vir te ver correndo, ESQUEÇA! O que por um lado é bom, assim você tem seu grupo de amigas e pode fazer o mesmo, porque o homem argentino não é machista, mas não mesmo.

7. O homem argentino é companheiro. É “familiero”. Tira a mesa, lava a louça, cozinha. Curte seus pais, seus irmãos, os primos, os filhos, os amigos. É como já disse neste post aqui.

Então, a resposta para as perguntas porque as brasileiras gostam tanto dos argentinos e vice versa é meio óbvia, não é? Porque as brasileiras são alegres, alto astral, sorridentes, totalmente o oposto das argentinas. Porque os argentinos são charmosos, companheiros, nada machistas. Totalmente o oposto dos brasileiros, pronto, falei!

E “vive la différence”!!

5 thoughts on “VIDA NA ARGENTINA – PARTE 3: SER PORTEÑO É…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *