VIVER A COPA DO MUNDO FORA DO BRASIL

Eu não podia deixar de falar disso, mesmo morando fora do Brasil, já que fora do nosso país essas coisas tem uma importância muito maior, porque a saudade aumenta… E o coração fica dividido em dois, com certeza, porque a maioria das mulheres que mora aqui tem parceiro argentino! E sofre junto com eles… No meu caso, sofro com ele e sozinha, porque tenho mãe argentina também. Não vai ser fácil. Me consola saber que ambos países só se encontrarão na final, assim será “morte súbita”, ao menos para mim.

braarg

Copa do Mundo 2014, no Brasil. Primeiro jogo hoje, que vamos assistir os brazucas unidos na Casa de Jorge Amado. E juntamente com isso temos o Dia dos Namorados. Me dou conta que a grande maioria dos torcedores serão mulheres, brasileiras, que vieram para a Argentina por causa de um amor – com um argentino, claro! Já falei disso neste post aqui, mas é um assunto que sempre volta. E a paixão pelo futebol nos une novamente. Até o Obelisco está verde e amarelo! (foto cedida pela Embaixada do Brasil em Buenos Aires)

obelisco verde e amarelo

Eu sei e concordo que esta Copa acontece num momento político e econômico muito complicado para o Brasil, mas gente, agora já é tarde. Está aí, começando… Tudo o que queremos é ver o Brasil Hexa, ou não é? Então, boralá torcer, chorar, gritar, sorrir, cantar, “putear” e todos os outros verbos relacionados a essa paixão pelo nosso país e pelo futeba. Porque, eu garanto, quando a gente mora fora, nosso país, que já é lindo, fica tão, mas tão mais bonito…

copa2014

E como todo mundo está colocando no Face Book, meninos, aproveitem, porque dia 12/06/2014 será uma data histórica: “o primeiro dia dos namorados do jeito que homem gosta: churrasco, cerveja, futebol e a namorada do lado torcendo junto, feliz da vida. Isso não vai se repetir tão cedo!”

BRASILLL SILLL SILLL SILLLLLL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quem quiser ler mais sobre o dia dos namorados pelo mundo, o Blog Viajoteca tem um post lindíssimo AQUI.

Related posts

2 Thoughts to “VIVER A COPA DO MUNDO FORA DO BRASIL”

  1. […] Este é um momento histórico e por isso quis escrever este post, numa tentativa de explicar meu sentimento, sob o ponto de vista de uma brasileira que mora na Argentina e uma argentina que morou a vida toda no Brasil. Porque é isso que sou, uma mistura de ambos países, com o coração lá e cá. Me sinto mais brasileira? Sim, porque morei a vida toda aí e não aqui. Porém, há sete anos moro em Baires e posso dizer que minha argentinidade tem crescido muito desde então. Até escrevi sobre o sentimento de ver a copa do mundo morando fora do país AQUI. […]

  2. […] Este é um momento histórico e por isso quis escrever este post, numa tentativa de explicar meu sentimento, sob o ponto de vista de uma brasileira que mora na Argentina e uma argentina que morou a vida toda no Brasil. Porque é isso que sou, uma mistura de ambos países, com o coração lá e cá. Me sinto mais brasileira? Sim, porque morei a vida toda aí e não aqui. Porém, há sete anos moro em Baires e posso dizer que minha argentinidade tem crescido muito desde então. Até escrevi sobre o sentimento de ver a copa do mundo morando fora do país AQUI. […]

Leave a Comment